Não é preciso temer as novas tecnologias. Segundo especialistas, elas criarão muitos novos empregos no futuro

Diante das tantas – e diárias – novidades que a tecnologia nos apresenta é natural que olhemos para o futuro com o velho temor que nos acompanha há tempos: será que os robôs vão roubar postos de trabalho?
Não é preciso temer as novas tecnologias. Segundo especialistas, elas criarão muitos novos empregos no futuro

07

NOV


Especialistas são taxativos na resposta: não!

 Assistir filmes sobre inteligência artificial ajuda bastante a pensarmos que – não tem jeito – em muito breve, os robôs vão se revoltar contra os seres humanos, vão matar e “nos chamar à guerra”.

Bobagem! Ficção científica em excesso na sua vida, viu?

O problema não está nos recursos tecnológicos, mas na desigualdade que impede que todos tenham acesso a eles e, assim, possam conquistar postos no mercado de trabalho.

Quer ver bons exemplos oferecidos – novamente – por especialistas na área?

Vamos lá...

Ferreiros foram – progressivamente – desaparecendo com a chegada dos carros, não foram? Um século atrás ninguém poderia sequer sonhar que, hoje, teríamos empregos de programadores de informática, cinegrafistas para a televisão, pilotos de aviões, cirurgiões, fabricantes de microprocessadores.

E estão todos aí, não?

Já parou para pensar em quantas profissões surgirão no futuro, nos próximos 100 anos?

Inúmeras!

Sem medo de errar – e embasados por opiniões alicerçadas – afirmamos: não é preciso ter medo, criaremos, ao longo do século XXI, mais empregos do que a inteligência artificial vai destruir.

Pode confiar! 

Com as devidas adaptações (próprias da chegada de novos tempos), as próximas gerações terão trabalho por muito tempo.

 

[Fonte: G1 // Educação]