Conheça um pouco da história do Dia dos Namorados pelo mundo

Era uma vez, lááá nos tempos do Império Romano, um bispo da Igreja Católica chamado Valentim. Ele gostava muito de celebrar uniões de casais.
Conheça um pouco da história do Dia dos Namorados pelo mundo

12

JUN


Pois é, mas, por conta dos caprichos do imperador daquela época – Claudius II – o religioso foi proibido de realizar casamentos.

Diga o que você acha: ele obedeceu às ordens do soberano?

Mas é claaaaro que não!

Empenhado em festejar o amor, o bispo seguiu celebrando matrimônios, porém, de forma secreta.

Foi descoberto.

E foi preso por desobedecer às determinações imperiais.

Enquanto esteve encarcerado, Valentim recebeu diversos bilhetes e cartões, de jovens apaixonados, valorizando o amor, a paixão e o casamento. Mas, infelizmente, não conseguiu se ver livre novamente para seguir com seu projeto de unir enamorados perante Deus. Foi decapitado em 14 de fevereiro do ano de 270.

Foi assim que surgiu, em 14 de fevereiro, o Dia de São Valentim. Na Europa e nos Estados Unidos, casais de namorados aproveitam a data para celebrar o amor.

Uhmmm....ok...mas...e o Dia dos Namorados no Brasil?

Muito bem, chegamos ao ponto, à comemoração de hoje por aqui.

No Brasil, o Dia dos Namorados está correlacionado ao frei português Fernando de Bulhões.

Em suas pregações religiosas, o frei sempre sublinhava a importância do amor e do casamento e, justamente por conta dessas mensagens, depois de ser canonizado, ganhou a fama de...."santo casamenteiro".

Já adivinhou qual nome o frei Fernando ganhou depois de alçado a santo, né?

Isso mesmo, Santo Antônio!

Por aqui, o 12 de junho foi escolhido para celebrar o Dia dos Namorados justamente por ser a véspera do Dia de Santo Antônio, 13 de junho.

Bom, agora que você já sabe o porquê do estabelecimento da referida data para celebrar o amor nesta terra verde e amarela, vamos te desejar um...

Feliz Dia dos Namorados!

Ah, você está solteiro (a)?

Muita calma nessa hora! Já já aparece alguém bem legal na sua vida!

Peça para Santo Antônio! :-)


[Fonte: www.bonde.com.br]