Ajuda ao próximo é construção de si mesmo (a). O trabalho voluntário pode ser decisivo para a conquista de um emprego

O país – bem sabemos – ainda passa por muitas dificuldades no que tange ao emprego.
Ajuda ao próximo é construção de si mesmo (a). O trabalho voluntário pode ser decisivo para a conquista de um emprego

15

MAI


São milhões de desempregados no Brasil e percebe-se que o quadro é preenchido por muitos que estão buscando a primeira oportunidade de trabalho, mas, que – sem experiência – não conseguem conquistar o sonho da carteira assinada.

O que, talvez, os jovens não saibam é que dedicar-se ao trabalho voluntário é uma excelente forma de desenvolver competências que são consideradas, no mercado de trabalho, como um diferencial, especialmente quando o assunto é a competição por vagas.

Dedicar algumas horas a atividades beneficentes ajuda, também, a criar uma rede de relacionamento que pode, efetivamente, ser muito útil para a rede de relacionamento. 

Uhmm...e...?

E que, além de gerar bons frutos para a carreira, tal escolha gera ótimos impactos para a sociedade, o que – adivinha? – tem sido cada vez mais valorizado pelas empresas.

Para quem ainda duvida da eficiência da opção vale ressaltar que o voluntariado viabiliza o aprendizado de competências como gerência de projetos, administração de conflitos, trabalho em equipe e capacidade para lidar com situações de estresse.

Além disso, dizem profissionais, desenvolve empatia, organização, motivação e ainda lapida o autoconhecimento (já que revela em quais atividades a pessoa se destaca e como ela pode aplicar isso no dia a dia profissional).

Olha que ótima pedida?

Fazer o bem ao próximo é fazer o bem para si mesmo (a)!


[Fonte: Portal iG // Brasil Econômico]