E o mercado de tecnologia está conhecendo novos negócios, conduzidos por novos profissionais: os maiores de 60 anos!

É bem comum que, ao falarmos sobre tecnologia com idosos, busquemos sinonímias mais simplificadas para termos como startup, coworking, big data, cloud computing, firewall, chatbot, malware, etc...certo?
E o mercado de tecnologia está conhecendo novos negócios, conduzidos por novos profissionais: os maiores de 60 anos!

29

NOV


Errado! ERA bem comum. 

Hoje em dia, os que já passaram dos 60 anos tem tanto conhecimento na área quanto os mais jovens.

Ué, mas o que aconteceu com aquele (a) idoso (a) típico (a) que, avançando na sexta década de vida, ficava em frente à TV ou sentadinho (a) em algum canto da casa curtindo os netos?

Ele (a) está ficando cada vez mais raro de encontrar. Sinal dos tempos.

É que o aumento da longevidade, a queda da taxa de fecundidade e a melhora na saúde como um todo estão promovendo profundas alterações na sociedade. Incluída nessas mudanças está a população idosa, que tem postergado cada vez mais a aposentadoria.

Para quê?

Para empreender! E – olha que interessante – principalmente na área de tecnologia, com foco na área de negócios digitais (ou online)!

Uma pesquisa qualitativa e quantitativa chamada "Tsunami Prateado" e conduzida pela Pipe.Social e Hype60+ contou com 2.330 entrevistados e revelou tal cenário. Os dados mostraram que, um em cada 4 (25%), declarou que deseja ter sua própria empresa no futuro.

Outro registro interessante que a pesquisa fez: por conta da dificuldade de encontrar produtos e serviços que atendam as suas necessidades, muitos idosos estão arregaçando as mangas para criar negócios inovadores.

E o que move todo esse pessoal é uma única certeza: a de que o corpo físico não é, realmente, mais o mesmo. É preciso que se diminua o ritmo. Porééém, a mente não definha e, quando bem treinada, possibilita que se acumule um bom nível de conhecimento.

Isto posto, fica a pergunta: cadê aquele (a) vovô (ó) que ficava sentado (a) na cadeira de balanço assistindo a vida passar?

Levantou e foi sentar em outra cadeira, em frente ao computador. E lá está criando mais uma ferramenta tecnológica que, certamente, vai facilitar muito a vida de alguém no mundo.


[Fonte: https://www.bbc.com]